Coaching em São Paulo

Coaching em São Paulo

A cidade que nunca dorme e sua relação com o coaching

Após alguns anos na prática do coaching de vida e carreira em instituições das mais variadas como Google, Cielo RedHat, Rede Bandeirantes de Televisão, Serasa Experian, Grupo Abril, Itau Cultural, Daimler Benz, Hospital Samaritano, Rapp Comunicação e FAAP, noto 2 coisas bastante interessantes.

A primeira é que decorrente dos efeitos dos avanços da tecnologia da informação que derrubou de vez a fronteira entre trabalho e lazer, vida e carreira estão cada vez mais mescladas e grande parte das questões de coaching visa entender como trazer mais prazer para o trabalho ou como fazer de uma paixão pessoal uma fonte de receita.

A segunda, talvez em decorrência de minha principal praça de atuação, a cidade de São Paulo, é que é crescente o volume de pessoas que deseja tomar para si as rédeas de sua carreira que de forma caprichosa se liga ao lema da bandeira paulistana: “não sou conduzido, conduzo”, resultado de uma co-criação de Guilherme Almeida e José Rodrigues (quer algo mais vanguardista do que isto?), em um concurso promovido pelo então prefeito Washington Luís em 1917.

Não acredito que isso seja uma exclusividade do DNA paulistano, mas a verdade é que após os projetos de reengenharia e downsizing do final dos anos 90, os profissionais passaram a questionar a lealdade e fidelidade a grandes corporações e a partir dos princípios de liberdade e protagonismo, passaram a dedicar-se à realização de atividades que façam mais sentido.

Este modelo de coaching tem ajudado as pessoas a compreender que o emprego em uma grande corporação é apenas uma das alternativas para realização profissional e pessoal. Há que se estar atento para a condução da própria carreira dentro do universo corporativo.

“Conduzir” através do empreendedorismo ou da construção de uma carreira totalmente nova apresenta uma série de riscos, incertezas, desafios e frustrações mas também uma série de aprendizados e recompensas difíceis de serem obtidas no ambiente controlado do mundo corporativo. Por isso, faço minhas as palavras de Mohammad Yunus: “arrumar um emprego é o que é seguro, garantido…mas sua vida será limitada ao que decidirem por você”.

Quer saber mais sobre coaching? Confira um resumo aqui ou entre em contato para agendar sua sessão de coaching em São Paulo.

Compartilhe a dica com seus amigos:

Luciano Paiva

Luciano Paiva é Coach de Vida e Carreira. Após 20 anos no mundo corporativo, Luciano se dedica a inspirar pessoas a entender o sentido em suas atividades diárias e aplica-lo em sua vida pessoal e profissional.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial